Notícias

Seguro moto Yamaha DragStar

Seguro Moto Yamaha DragStar

Yamaha DragStar 650: uma das “cruisers” mais acessíveis da montadora japonesa (Seguro moto Yamaha DragStar)

Descontinuada há alguns anos, modelo ainda é sonho de consumidores brasileiros
A Yamaha XVS 650 DragStar é uma moto da categoria Cruiser que foi fabricada pela montadora japonesa Yamaha de 1997 até 2008 no Brasil. A cotação atual do modelo na Tabela FIPE é de cerca de R$ 18 mil para a última versão da DragStar que foi fabricada antes da motocicleta sair de linha de produção e dar lugar à Midnight Star.

Suas concorrentes no mercado brasileiro são a Honda Shadow 750 e a Harley-Davidson 883, mas a moto da Yamaha é a mais acessível dentre as três. A DragStar, apesar do menor valor e da menor potência, tem um desempenho satisfatório. São dois carburadores com refrigeração a ar que ajudam a movimentar o motociclista e mais 215 kgs de veículo.

Seu torque é de 5,19 kgf.m, e sua autonomia de combustível é um ponto extremamente positivo, pelo menos em baixas rotações. A uma velocidade regular de 90 km/h, a DragStar pode fazer até 30 km por litro de gasolina. Se a moto girar em torno dos 6.500 RPM, não deve fazer mais do que 19 km por litro de combustível. Com seu tanque de 16 litros, a XVS 650 tem uma autonomia de até 450 km.

A decoração da moto é baseada em cromados e um estilo de cruiser americana clássica das décadas de 1940, 50 e 60, e está disponível nas cores preta e prata. Uma moto projetada para ser confortável a longas viagens, com design longo e baixo, para ser pilotada sem grande esforço.

Com a proposta de ser uma cruiser de média potência, a DragStar e seus 40 CV de potência podem ser uma boa escolha pra quem quer começar a adquirir motos desta categoria.

Se possível, contrate um seguro para a sua motocicleta. Os dados sobre roubo de motocicletas no Brasil são alarmantes. Cerca de 7 mil motos são roubadas em um ano e, infelizmente, os números têm crescido. Embora as motos cruiser não sejam as mais visadas pelos bandidos, ninguém está imune à violência.

 

Clique aqui e entre em contato com nossos analistas.

Tags: